O Ministério da Saúde anunciou, recentemente, que a indústria de alimentos fará mudanças na composição dos produtos, a fim de cumprir um acordo para reduzir a quantidade de sódio. A meta é retirar um total de 28,5 mil toneladas da substância dos alimentos industrializados até 2020. Nessa fase, o foco é reduzir o sódio de pães, bisnaguinhas e massas instantâneas. Além de prevenir outras doenças, a medida contribuirá para a diminuição da população hipertensa no Brasil.

De acordo com dados do Ministério, a hipertensão, conhecida popularmente como pressão alta, atinge mais de 30 milhões de pessoas no país, estimando que um a cada quatro brasileiros sofra da condição que aumenta com a queda da temperatura e merece atenção.

Cibele Gonsalves, diretora do departamento de nutrição da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp), ressalta que o sódio, na medida certa, é necessário ao organismo humano, pois, juntamente com o potássio, contribui para manter o equilíbrio.

Para ajudar a controlar doenças, a especialista listou oito opções de temperos naturais, que podem substituir o sal: orégano, noz-moscada, páprica, alecrim, limão, gengibre, cheiro-verde e alho. “De maneira geral, esses temperos naturais atuam como coadjuvantes na prevenção dos fatores de risco para as doenças crônicas não transmissíveis, auxiliam na regulação da pressão arterial e têm ação antioxidante”, explica a nutricionista da Socesp.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a ingestão máxima diária de dois gramas de sódio. Isso corresponde a cinco gramas de sal (uma colher de café contém um grama). A nutricionista frisa que é importante seguir a recomendação da OMS. “Se fizéssemos isso, reduziríamos as mortes por acidentes vasculares cerebrais e os óbitos por infarto. Essa mudança depende exclusivamente de uma nova atitude de cada cidadão perante a própria saúde e a de sua família”, conclui.

Recomendações

A Proteste, associação de consumidores, listou algumas dicas para quem tem interesse em manter uma alimentação mais saudável e com menos sódio.

A primeira delas é ler atentamente o rótulo dos alimentos. Verificar se os percentuais de sódio, gordura e açúcar são representativos na sua dieta. Por exemplo, se o sódio corresponder a 70% da ingestão diária recomendada, é preciso ter atenção redobrada.

A segunda recomendação é evitar a todo custo consumir produtos ultraprocessados, como frango empanado, e alimentos congelados prontos, como pizzas, tortas e doces.

A terceira, preferir sal marinho ao sal refinado comum. Existem também versões que têm baixo sódio, com redução de até 50% do mineral, como o sal rosa do himalaia, e até o sal grosso, que tem preço acessível e pode ser usado para cozinhar alimentos e vegetais, preservando o seu sabor.

A quarta dica dada pela associação é evitar usar nos alimentos os realçadores de sabor, que são  vendidos como temperos ou estão na composição de biscoitos e salgadinhos. Neles, existe alta quantidade de sódio.

Selecionado
Ministério da Saúde libera vacina contra gripe para toda a população

O Ministério da Saúde decidiu disponibilizar a vacina contra a gripe a toda a população. Estados e municípios serão orientados Ver

Ministério da Saúde libera R$ 6,3 bi para produção de medicamentos e equipamentos

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira, 19, a liberação de R$ 6,33 bilhões para produção de medicamentos e equipamentos Ver

Ministério da Saúde começa a vacinar meninos contra HPV em 2017

O Brasil será o primeiro país da América Latina e o sétimo do mundo a oferecer a vacina contra o Ver

Superação Jéssica Tria: menos 35kg e mais autoestima

Desde a infância, Jéssica Tria, que hoje tem 26 anos, sofria com o excesso de peso. Seu problema era a compulsão alimentar, Ver

Saúde dos olhos exige mais atenção no inverno

Com o intenso frio e o ar seco, típicos do inverno, é recomendável manter um cuidado redobrado com a saúde dos Ver

Refrigerante ou suco industrializado: qual é a melhor opção? Saiba agora!

Em busca de deter o avanço da obesidade, que já atinge 53% dos brasileiros, o Ministério da Saúde, no mês Ver

Sabadão Solidário: Hemoba recebe doadores de sangue em Itaberaba

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) promove no próximo sábado, dia 22 de julho, mais uma edição Ver

Seus dentes precisam mais do que escovação.

Muitas doenças podem interferir na beleza do seu sorriso. A boca é a porta de entrada para inúmeras bactérias e Ver