Maior nome do futsal em todos os tempos, Falcão se despediu oficialmente da seleção brasileira neste domingo, 26. O craque de 38 anos foi o dono da festa no amistoso realizado na Barra da Tijuca, no Rio, e não decepcionou, ao marcar um dos gols da vitória por 3 a 2 sobre a Colômbia.

Com mais de 20 anos de carreira, Falcão se tornou o melhor jogador da modalidade em todos os tempos com seus lances de incrível habilidade, dribles desconcertantes e muitos gols. Foram 385 nas 242 partidas disputadas com a camisa do País, incluindo o deste domingo, em chute forte de longe.

Próximo de abandonar o futsal profissional, o jogador do Magnus Futsal, de Sorocaba, avisou que a convocação do técnico PC de Oliveira para o confronto diante da Colômbia seria a última que aceitaria. Mas ele ainda deseja realizar um jogo festivo no segundo semestre, em São Paulo, para vestir a camisa da seleção uma última vez.

“Espero que minha história tenha acontecido da melhor forma possível. Tentei, lutei, errei também, como todos, mas espero que tenha sido positivo. Espero que o legado tenha sido o melhor, porque fico feliz de ter alegrado gerações, colocado as pessoas para ver o futsal. Vivi tudo isso. Tenho certeza que durante todos estes jogos, tentei fazer o melhor também pela torcida”, disse, emocionado, à TV Globo após a partida.

Durante as quase duas décadas em que atuou pela seleção, Falcão conquistou diversos títulos de expressão, com destaque para as Copas do Mundo de 2008, em casa, e 2012, na Tailândia. Na campanha da terceira colocação em 2004, em Taiwan, e em 2008, ainda foi eleito o melhor jogador da competição. A caminhada com a camisa do Brasil foi fundamental para que ele fosse eleito quatro vezes o melhor do mundo na modalidade: 2004, 2006, 2011 e 2012.

“Fui importante para o futsal, e o futsal para mim. Sei da minha importância, vivi uma grande geração. Minha grande diferença foi trazer a alegria de jogar uma pelada para o lado profissional”, considerou.

Neste domingo, foi justamente ele o responsável por abrir o placar. Depois de começar no banco, o craque entrou em quadra com cinco minutos de jogo. E logo no primeiro toque na bola, aproveitou cobrança de escanteio para encher o pé e vencer o goleiro adversário.

Alex marcou o segundo, a Colômbia diminuiu, e Leandro Lino fez o terceiro para o Brasil ainda no primeiro tempo, recebendo passe justamente de Falcão. Na etapa final, os colombianos ainda marcaram mais um gol e assustaram, mas os olhos estavam todos voltados para o craque brasileiro.

A 10 minutos para o fim, ele tentou um malabarismo, em toque de calcanhar, que passou rente à trave. Em outras duas oportunidades, parou no goleiro adversário. Com pouco mais de um minuto no cronômetro, parou diante do marcador, no mano a mano, e lá ficou como em tantas oportunidades, arrancando aplausos da torcida.

Após o apito final, recebeu homenagens dos torcedores e dos outros jogadores, brasileiros e colombianos. “Vir para a quadra sabendo que está acabando é muito difícil. É difícil porque passei metade da minha vida passando pela mesma coisa, vivendo a mesma pressão. Mas sei que vida de jogador tem prazo de validade, então, um dia ia acabar”, finalizou.

Selecionado
Valeu por 25 minutos! Brasil vence Equador em jogo morno

Após primeiro tempo pouco inspirado, equipe de Tite acorda na etapa final com Philippe Coutinho e chega aos 36 pontos Ver

Neymar aceita oferta do PSG, crava jornalista

Neymar está de malas prontas para deixar Barcelona. Nesta terça-feira, o repórter do Esporte Interativo e blogueiro do LANCE! Marcelo Bechler cravou Ver

Globo critica CBF por ‘venda avulsa’ e não transmitirá 2 próximos jogos do Brasil

Principal emissora do País e parceira histórica da CBF, a Rede Globo não irá transmitir os dois amistosos do Brasil Ver

Brasil dá novo show e bate Paraguai por 3 a 0 no Itaquerão

Caso não fosse a equipe de Tite a representar o Brasil na noite desta terça-feira, 28, certamente todas as previsões Ver

Brasil pega Paraguai para carimbar de vez vaga na Copa

Nem mesmo o mais otimista dos brasileiros poderia imaginar um início tão positivo do técnico Tite no comando da Seleção Ver

Em grande fase, Tite é festejado por torcedores no hotel da seleção

A sexta-feira foi de folga para a seleção brasileira, que venceu o Uruguai por 4 a 1 na noite desta Ver

Brasil vence a Colômbia no Jogo da Amizade e lidera ranking

Em um amistoso em a para arrecadar fundos para os familiares das vítimas do acidente com o avião da Chapecoense Ver

Brasil assume 2º lugar no ranking de seleções da Fifa

A seleção brasileira de futebol ultrapassou a Alemanha e alcançou a segunda posição no ranking da Fifa, divulgado na quinta-feira Ver